Política

Deputado estadual acusa servidor do TRE-BA de cobrar propina para aprovar contas do PSD

Tesoureiro do PSD baiano, o deputado estadual Ângelo Coronel denunciou ao Ministério Público Federal (MPF) a suposta cobrança de propina de um servidor do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para aprovação das contas de 2012 do partido. Em duas gravações realizadas nesta quarta-feira (23), o funcionário Joseph Rodrigues dos Santos, responsável por avaliar e dar o parecer técnico da prestação de contas dos partidos políticos, negocia e chega a receber R$ 5 mil das mãos de assessores do deputado. “Fizeram contato com meus assessores, ele propôs tomar conta da contabilidade do partido, relativa às contas do Fundo Partidário.

Ele receberia R$ 28 mil, mais R$ 2 mil por mês. Isso está gravado e foi entregue ao Ministério Público Federal para que sejam tomadas as devidas providências”, declarou. Em entrevista ao programa O Sistema é Bruto, da Rádio 100 (100,7 FM), o parlamentar argumentou que foi preciso fazer o pagamento para montar o flagrante. “Não pega [para o partido] pelo seguinte: nós fizemos a queixa junto ao Ministério Público. Ele não iria para receber se o assessor não marcasse. O assessor disse: ‘Pode vir tranquilo’. Essa foi  a segunda ida dele ao gabinete”, afirmou. Ângelo Coronel ainda acusou o servidor do tribunal de prestar serviços para outros partidos e candidatos. De acordo com o deputado, o funcionário da Corte eleitoral teria uma espécie de consultoria para auxiliar as legendas a cumprirem as regras e evitarem a rejeição de contas. Informações Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo