Cotidiano

Portaria estabelece atendimento humanizado a transexuais e travestis no SUS

A Portaria que estabelece a capacitação e sensibilização de profissionais de saúde para lidar de forma humanizada com transexuais e travestis, tanto na atenção básica sem discriminação quanto na especializada, foi publicada nesta quinta-feira (21) no Diário Oficial da União. O mesmo documento assegura o direito dessas mesmas pessoas de serem tratadas pelo nome social.

A portaria atende decisão judicial de setembro e o Ministério da Saúde deve redefinir e ampliar o processo transexualizador no Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2011, o SUS realiza cirurgias de mudança de sexo. A portaria também dispõe sobre condutas e equipamentos tecnológicos adequados para lidar com travestis e transexuais, seja na modalidade ambulatorial, seja na hospitalar. Informações da Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo