Política

Vice-governador adita contrato de viagens; idas ao exterior custaram R$ 58 mil aos cofres públicos

O gabinete do vice-governador da Bahia João Leão (PP) aditou o contrato de agendamento de viagens com a Webtrip em 25%. De acordo com a publicação do Diário Oficial da Bahia, o governo pagará R$ 157 mil pelos serviços da empresa que tem como obrigação reservar passagens para o contratante.A Webtrip também é usada pela prefeitura de Salvador, que, este ano, renovou com a empresa por mais de R$ 1 milhão.Leão, que também respondia pela secretaria de Planejamento, fez cinco idas ao exterior desde que assumiu o posto de vice. As idas são basicamente a Portugal e a China. Em 2016, foram duas idas para o país lusitano. A primeira viagem, de 19 a 28 de março, fez com que o pepista receber R$ 15 mil reais em diárias. Já em novembro, mais R$ 11 mil caíram na conta do político.Em 2017, Lisboa voltou a ser destino do “bonitão”. Em outubro, a ida custou mais R$ 10 mil aos cofres. No final do ano, em dezembro, a ida de Leão a Pequim custou também R$ 10 mil. Este ano, até o momento, o vice-governador só deu um “pulinho” em Macau, também do outro lado do mundo. A viagem rende R$ 11 mil em jetons.Ao todo, segundo levantamento de Metro1 nos sistemas do governo, o Estado pagou R$ 58 mil em diárias para Leão.Fonte: Metro 1

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo