Política

Oposição e situação definem até final do ano nomes para disputa ao governo do estado, garantem lideranças

Oposição e situação na Bahia devem definir os nomes que disputarão o Palácio de Ondina em 2014 até o mês de dezembro. Pelo menos é que garantem os principais líderes dos dois lados em reportagem publicada no jornal A Tarde que vai às bancas neste domingo (15). O governador Jaques Wagner (PT) disse que a escolha do indicado está com “prazo marcado”. Na base aliada disputam Walter Pinheiro (PT), Ruy Costa (PT), Luiz Caetano (PT), José Sérgio Gabrielli (PT), Marcelo Nilo (PDT), Lídice da Mata (PSB) e Otto Alencar (PSD).

No campo da oposição o único que demonstrou claramente seu desejo de lançar candidatura é Geddel Vieira Lima (PMDB). “Eu só serei candidato se a oposição tiver uma chapa única”, ameaça o peemedebista. “Já deixei claro que não terei problema em abrir mão para apoiar alguém de outro partido”, acrescentou, deixando claro que o nome deve sair ainda este ano. “Acredito que seja possível sim”, diz. Outro oposicionista que pode entrar na disputa é Paulo Souto (DEM). Em recente pesquisa de intenção de votos divulgada, o ex-governador ficava atrás apenas do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), que nega sua participação na disputa sempre quando perguntado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo