Política

Confira os oito deputados baianos que não votaram em sessão que manteve mandato de Donadon

Alice Portugal (PC do B), Claudio Cajado (DEM), Edson Pimenta (PST), Fernando Torres (PST), Jose Carlos Araujo (PSD), Josias Gomes (PT), Luiz Alberto (PT) e Sergio Brito (PSD) foram os oito dos 39 deputados baianos que contribuíram com o resultado que manteve o mandato de Natan Donadon (sem partido-RO), condenado a 13 anos e 4 meses de prisão por peculato e formação de quadrilha pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com informações do Metro1, os parlamentares baianos marcaram presença em plenário na noite de quarta-feira (28), mas simplesmente não votaram. Foram 233 votos a favor, 131 contra e 41 abstenções. Para Donadon ser cassado eram necessários pelo menos 257 votos. A votação foi secreta.

 

A deputada federal Alice Portugal (PC do B), justificou sua ausência na votação que absolveu o deputado presidiário Natan Donadon da cassação de mandato, na sessão desta quarta-feira (28), na Câmara Federal. Através de nota enviada à imprensa, a parlamentar explicou que não votou, pois estava em viagem oficial à China desde o dia 19 de agosto, onde representou a Casa em missão oficial. 



Alice considerou um erro o fato de o presidente da Câmara dos Deputados ter posto em votação o processo de cassação em um dia em que a Casa não tinha quórum elevado em função da inexistência de votação. "Isso, sem dúvida, contribuiu para livrar o parlamentar condenado", ressaltou.



Na nota, a deputada ainda defendeu a adoção do voto aberto nos processos de cassação de mandato parlamentar e disse que só desta maneira o Congresso Nacional conseguirá punir parlamentares que, de fato, cometeram crimes e quebraram o decoro. "Lamento que a Câmara dos Deputados tenha livrado da perda de mandato o deputado Natan Donadon e lamento que o Conselho de Ética também tenha livrado o deputado Carlos Alberto Leréia do processo de cassação de mandato por suas ligações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira", concluiu.



Vale lembrar que a bancada do PC do B,, legenda da deputada, na Câmara Federal, votou a favor da cassação do mandato de Donadon. Ao contrário do que noticiou o Metro1, a parlamentar teve sua ausência justificada, portanto não registrou presença na sessão.

 

Pela história e postura combativa, o erro do Metro1 listando Alice Portugal entre os parlamentares da Bahia presentes à sessão e que não registraram voto causou grande estranheza aos leitores que se manifestaram através das redes sociais.   

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo