Mundo

Deputada americana propõe imposto para acessar sites de pornografia

Uma parlamentar do Partido Republicano busca uma forma inusitada para financiar o muro de fronteira entre os EUA e o México. Ela propõe tributar os habitantes do estado do Arizona, com o pagamento de imposto para acessar sites pornográficos. A ideia é da deputada estadual Gail Griffin, do mesmo partido do presidente Donald Trump.  Ela apresentou recentemente um o projeto de lei que exigiria que os fabricantes de eletrônicos instalassem prévia e obrigatoriamente um software de bloqueio de pornografia em todos os dispositivos eletrônicos comprados ou vendidos no Arizona. Para desativar o dispositivo, uma pessoa teria que provar que tem pelo menos 18 anos de idade e pagar uma taxa de 20 dólares para o Estado. Quem desativasse o bloqueador, sem o pagamento do imposto, teria que enfrentar uma acusação de contravenção. Fonte: bahia.ba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo