Política

TCM pune prefeitos por contratos sem licitação

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Silva Santos Oliveira, foi punida pelos conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (15), em função da contratação irregular do Instituto Municipal de Administração Pública – IMAP -, no ano de 2013. A gestora pagou o montante de R$ 39 mil, sem licitação, para a locação de software, visando o desenvolvimento institucional. O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, aplicou multa de R$ 1.500,00 e solicitou a interrupção do contrato e realização de licitação. Na mesma sessão, o conselheiro José Alfredo imputou multa de R$ 1 mil à prefeita de Itaetê, Lenise Lopes Campos Estrela, e o ex-prefeito de Ibirapoã, Edvaldo Carvalho dos Santos, que também contrataram o IMAP sem o devido processo licitatório. O TCM informa que não é admissível a contratação direta do referido instituto para a locação de software, vez que há no mercado diversas outras empresas que podem prestar o mesmo serviço, permitindo a escolha de proposta mais vantajosa pelas administrações municipais. Informações Política Livre

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo