Polícia

Feira: Professora denuncia ‘fake news’ após ter imagem associada a grupo preso pela PF

 

Uma professora de Feira de Santana denunciou à polícia ter sido vítima de “fake news”, as notícias falsas. Erika Teles, de 43 anos, prestou queixa nesta quinta-feira (5) após ter a imagem dela associada a um grupo acusado de fraudes em instituições bancárias preso na quarta-feira (4) também em Feira de Santana pela Polícia Federal (PF).

Segundo o Acorda Cidade, a docente disse que ficou em choque ao ver a própria imagem associada a uma pessoa do grupo preso compartilhada na internet.

“Minha foto está sendo associada ao nome de outra pessoa. Eu sou professora da rede municipal e estadual e eu não trabalho, nem nunca trabalhei em nenhum banco. Essa informação que está sendo divulgada é ‘fake’ e não corresponde a mim.Gostaria que as pessoas não publicassem, não repassassem nos grupos porque será aberta uma investigação para saber quem foi o responsável pela montagem. A foto é a minha e o nome que está vinculado a mim é de outra pessoa. Eu não estou presa. Vim à delegacia para prestar a queixa”, declarou.

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo