Mundo

Apaixonado por perigo, fisiculturista ‘desafia’ trem e morre atropelado

Um modelo de fisiculturismo americano morreu durante um desafio em que tentava ser mais rápido que um trem na Califórnia. Greg Plitt, 37 anos, fazia um ensaio fotográfico e gravação de vídeo na estação de Burbank quando foi atropelado e morreu na tarde do sábado. "Os trilhos servem para apenas uma coisa: trens", disse um porta-voz da Metrolink, sistema de trens da Califórnia, comentando o caso. Plitt é um nome conhecido no mundo fashion dos EUA e é descrito por amigos como um "apaixonado pelo perigo".

Segundo testemunhas, ele fazia um vídeo para seu site quando foi atingido pelo trem. Ele tentava vencer uma corrida contra o trem, mas não conseguiu e foi atropelado. "Ele estava apenas tentando obter a melhor filmagem", disse ao LA Times a namorada de Plitt, Christina Stejskal. “Ele era como o super-homem: queria sempre levar as coisas ao limite”, disse ela, chorando.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo