Mundo

China usa hackers para obter dados secretos da Marinha dos EUA

Hackers que trabalham para o governo chinês invadiram os computadores de uma empresa que presta serviços à Marinha dos EUA e roubaram um volume imenso de dados altamente confidenciais relacionados à guerra submarina. A ação é parte dos persistentes esforços chineses para reduzir a vantagem dos EUA em tecnologia militar e abrir caminho para que o país se torne a potência dominante no leste da Ásia.Os hackers obtiveram informações relacionadas a um projeto altamente sigiloso chamado Sea Dragon, bem como dados de comunicações e sensores, informações de centrais de rádio de submarinos relacionadas a sistemas criptográficos e o conteúdo da biblioteca de guerra eletrônica da unidade naval de desenvolvimento de submarinos.Os dados incluem planos secretos para o desenvolvimento de míssil antinaval supersônico para uso por submarinos americanos a partir de 2020, segundo representantes do governo dos EUA. As investigações estão em curso, mas autoridades americanas falaram, sob condição de sigilo, que as violações aconteceram em janeiro e fevereiro.A notícia surge no momento em que o presidente Donald Trump busca o apoio de Pequim para persuadir a Coreia do Norte a abandonar suas armas nucleares, apesar das tensões persistentes entre EUA e China quanto a questões de comércio e Defesa. Fonte: Metro 1

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo