Cotidiano

Em ano de Copa, PIB brasileiro deve crescer apenas 1,16%, prevê Banco Central

Se confirmada a previsão do mercado no último boletim Focus do Banco Central, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro fechará o ano na retranca: crescerá apenas 1,16% no ano da Copa do Mundo. É um desempenho mais fraco que o de 2013, quando o País cresceu 2,5%. Entre os países-sede dos últimos nove mundiais apenas México (1986), Itália (1990) e Japão (2002) fecharam o ano do evento com a atividade em ritmo menor que no ano anterior. Apesar de estar realizando em campo a "Copa das Copas", o Brasil caminha para engrossar essa estatística. Dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) compilados pelo economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito, mostram que o PIB mexicano teve queda de 3,1% em 1986, após crescer 2,2% no ano anterior.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo