Cotidiano

Vítima de câncer no fígado, ex-número 1 do tênis britânico morre aos 30 anos

Melhor britânica do ranking mundial até a aposentadoria, ao fim do ano passado, Elena Baltacha morreu neste domingo, aos 30 anos, após quatro meses de luta contra o câncer, diagnosticado nela em janeiro. A ex-atleta chegou a ser número 49 do ranking mundial em 2010. O anúncio da morte de Elena Baltacha foi feito pela The Lawn Tennis Association, como é chamada a associação britânica de tênis, que exalta, no seu site, a postura da atleta que disputou 39 confrontos de Fed Cup e que representou a Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Em novembro ela se retirou do circuito profissional para cuidar de uma instituição que ensina tênis para crianças e adolescentes. Mas, em janeiro, semanas depois de se casar com o seu treinador, Nino Severino, ela foi diagnosticada com câncer no fígado. Informações Correio 24h

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo