Cotidiano

Embasa diz que construtora era responsável por solicitar alvará de obra embargada no Horto

A Embasa informou, nesta sexta-feira (17), que a responsável por solicitar a autorização para a obra que foi embargada, pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), no Horto Florestal, é a construtora do empreendimento residencial. A empresa disse que para executar a ligação definitiva de água, do local à rede distribuidora, foi preciso substituir uma rede de 150 milímetros (mm), por uma de 250 mm. Informou, ainda, que firmou convênio de cooperação técnica e financeira com a Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador (Sucop) para que o asfalto degradado por alguma obra de manutenção nas redes de água e esgoto seja recuperado. O convênio, no valor de R$ 3,9 milhões, prevê que a Embasa forneça ao órgão da prefeitura equipes técnicas, além dos equipamentos necessários para a realização dos serviços de repavimentação. Está previsto, ainda, o pagamento do custo dos metros cúbicos de borra asfáltica utilizada no trabalho efetuado pela Sucop. Informações do Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo