Política

Reportagem do The New York Times mostra declínio da família Sarney na política brasileira

O poder político da família Sarney e o declínio de tal foram analisados em reportagem no site do New York Times, o jornal mais influente dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (25). A matéria assinada pelo jornalista Simon Romero, chefe do escritório no Brasil, conta sobre a derrota dos Sarneys nas eleições para o governo do Maranhão – onde Flávio Dino (PCdoB) conseguiu a vitória – e a decisão de José Sarney em não procurar pela reeleição na vaga do senado. O advogado e ativista brasileiro, Rodrigo Lago, disse à reportagem que “um dos maiores coronéis restantes do Brasil finalmente está em declínio”. “Se Maranhão pode mudar, então as oligarquias em qualquer lugar precisam ser refreadas neste país”, adicionou o casuístico. Além dos Sarneys, a reportagem mostra que as oligarquias brasileiras tradicionais estão perdendo espaço por elas demarcado, a exemplo da derrota do filho de Jader Barbalho (PMDB), Helder Barbalho, para o governo do Pará. Recentemente, Barbalho fiho foi anunciando pela presidente Dilma Rousseff (PT) como o novo ministro da Pesca. Apesar da derrota de um dos clãs do coronelismo nas urnas, o jornalista também pontua que o filho do senador do também senador Renan Calheiros (PMDB), Renan Filho (PMDB), conseguiu lograr êxito na eleição de outubro para o governo de Alagoas. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo