Política

Dilma conversa com movimentos sociais ao desembarcar em Salvador


A presidente Dilma Rousseff conversou com um grupo de 18 representantes de movimentos sociais ao desembarcar, nesta quinta-feira (4), na Base Área de Salvador. Os representantes entregaram à presidente reivindicações e apresentaram avaliações sobre a reforma política. 



A viagem da presidente a Salvador estava prevista para o mês passado, mas foi adiada para esta quinta-feira devido à onda de protestos populares que tomou conta do País. 



A presidente lançou na manhã desta quinta-feira (4), no Centro de Convenções da Bahia, o Plano Safra. Ela esteve acompanhada do governador Jaques Wagner e do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas. Dilma deve retornar ainda hoje a Brasília.



O Plano Safra específico para o semiárido visa aumentar a segurança produtiva e melhorar a estrutura dos produtores rurais durante a estiagem, permitindo que o Nordeste conviva com a seca. O programa é uma extensão do Plano Safra da Agricultura Familiar. 

Durante o lançamento do plano, a presidente entregou 323 máquinas – 130 retroescavadeiras e 193 motoniveladoras –, voltadas para a agricultura e abertura e manutenção de estradas vicinais na Bahia, e fez também a entrega simbólica de 250 ônibus escolares do Programa Caminho da Escola, de um total de 500 que o estado está recebendo. 



Também foi assinada na ocasião ordem de serviço para execução, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e da Parnaíba (Codevasf), para implantação de 38.252 cisternas no semiárido da Bahia.
Estadão Conteúdo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo