Política

Eddy City é proibido de disputar eleição e PHS decide não recorrer

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia negou o pedido de registro de candidatura do cantor Eddy City e o PHS, partido dele, decidiu que não vai recorrer da decisão.Presidente da sigla na Bahia, Júnior Muniz afirmou que o cantor está inelegível porque não prestou as contas na eleição de 2016, quando foi postulante a vereador de Salvador.“Ele já está ciente que não vamos recorrer, porque tem jurisprudência neste sentido. Agora, vamos preparar ele para eleição de 2020”, afirmou Muniz, em entrevista ao Metro1.Fonte:Metro 1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo