Polícia

Menina de 8 anos escreve carta e denuncia abuso e ameaça de morte

Uma menina de apenas oito anos escreveu uma carta para contar os abusos que sofria há quase seis meses na Ilha de Itaparica, na região metropolitana de Salvador. O homem se aproveitava a confiança da família para aliciar a vítima. A dona de casa, Deise Nunes, só descobriu que a sobrinha estava sendo aliciada quando viu atitudes estranhas da criança e do homem conhecido como Roque do Fogão. A mulher contou que a menina estava muito quieta e ele estava com muita amizade com ela, "Ela me pediu ajuda. Depois que me contou, ela escreveu a carta e disse que ele estava a ameaçando de morte, caso contasse para alguém". Depois que os vizinhos souberam do caso, eles pegaram o suspeito e amarraram em um poste após agredi-lo. Uma das moradoras revelou que o homem só não foi morto por que a mãe da vítima não deixou. O delegado que investiga o caso, Lúcio Ubiracê, diz que a pena pode ser de até 15 anos prisão, pois o suspeito tem passagem pela polícia e há indícios de que ele tenha cometido crime de pedofilia em outra cidade. A garota está aos cuidados da avó paterna e vai realizar exame de corpo de delito. A mãe da vítima ainda não sabe explicar o que sente, pois confiava no homem que abusou de sua única filha. "É difícil. Eu como mãe falo assim: eu não acredito no que aconteceu. A menina tão novinha, tão pequenininha. Ele é um monstro, um homem daquela idade. Mas a gente pensa que só acontece com os outros, com nossa família não. É para ter cuidado". (R7)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo