Polícia

Mulher é presa suspeita de aplicar o golpe “Boa noite, Cinderela” em executivo baiano

Uma promoter de 23 anos foi presa, nesta segunda-feira (11), em São Paulo, suspeita de roubar R$ 31 mil de um empresário baiano com o golpe “Boa noite, Cinderela”. A prisão foi feita pela Polícia Civil, em uma casa noturna na Vila Olímpia, na zona sul da capital paulista. A prisão aconteceu dentro da Operação “Morfeu” deflagrada pela 1ª Delegacia (Centro). Mais seis pessoas também são investigadas.

A vítima foi um executivo baiano de 37 anos que, segundo a polícia, foi dopado pela suspeita. O baiano foi encontrado na Avenida Paulista às 8h, em um ponto de ônibus, sem saber onde estava ou como foi parar lá, afirma o delegado Roberto Monteiro de Andrade Junior, titular da 1ª Seccional.

De acordo com a polícia, a jovem foi sozinha para casa noturna e procurou por homens com sinais de embriaguez. Logo depois de deixar a vítima sem capacidade de reação, ela conseguiu um empréstimo consignado, no valor de R$ 30 mil, através de aplicativo instalado no celular da vítima. Além do empréstimo, a jovem conseguiu fazer transações financeiras e distribuiu os valores roubados para contas de seis pessoas diferentes.

Em depoimento para a polícia, a promoter nega que tenha sedado o executivo. Disse também que ela induz a pessoa a consumir tequila, que possui alto teor alcoólico, e que é isso que leva a pessoa a ficar no estado em que o executivo ficou. A polícia acredita que existe o uso de alucinógeno.

A suspeita pode responder por crime de roubo circunstanciado, que prevê pena de quatro a dez anos de prisão.

 

Fonte: BNews

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo