Polícia

Suspeito de estelionato é preso em Salvador após criar empresas para fraudar compras

Um homem foi detido na terça-feira (21), depois de ser denunciado por fraudes que envolviam a utilização de dados de terceiros para comprar mercadorias em uma das maiores companhias de alimentos frigoríficos do país. Adonias Barbosa Mangieri foi denunciado por uma das vítimas do golpe, uma comerciante que que procurou a 6ª Delegacia Territorial (DT), em Brotas, para relatar que o nome de sua empresa e o endereço foram alterados na Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb). A denunciante informou, ainda, que havia uma fatura em aberto em nome do estabelecimento, a qual não reconhecia. Em depoimento à polícia, o suspeito afirmou que vem sendo procurado por terceiros para fazer cadastros junto à empresa de alimentos para compra de mercadorias há cerca de seis meses. Ele contou que criava as microempresas e, a partir dos novos CNPJs, realizava compras, no entanto, as as faturas relativas às essas aquisições não eram pagas. Adonias contou, ainda, que, além de representantes de estabelecimentos, pessoas físicas também o procuravam com o intuito de abrir empresas jurídicas. O homem cobrava cobrava entre R$ 50 e R$ 100 pelo serviço. Após as compras, os supostos clientes, que não pagavam as faturas das compras, recompensavam Adonias com mercadorias ou dinheiro. Durante buscas na casa do suspeito, a polícia encontrou cópias de documentos de 22 pessoas, além de anotações com dados como nome, endereço, RG, data de nascimento e CPF. De acordo com a Polícia Civil, as informações seriam utilizadas para cometer novas fraudes. Adonias Mangieri será indiciado por estelionato. O caso está sendo investigado pela 6ª DT/Brotas, que instaurou inquérito para apurar os casos e buscar identificar demais envolvidos e novas vítimas. Fonte:G1 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo