GeralNotícia

Univaja acusa PF de impedir advogada de indigenista de acompanhar investigação

Dom Phillips e Bruno Pereira estão desaparecidos desde o dia 5 de junho, no Amazonas.

Assessor jurídico da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), Eliésio Marubo afirmou que a advogada da família de Bruno Pereira tem sido impedida pela Polícia Federal de acompanhar a investigação sobre o desaparecimento do indigenista e do jornalista britânico Dom Phillips. A informação é do jornal O Globo.

“Queria fazer uma convocatória para a OAB porque a advogada da família, a doutora Carolina Santana, tem sido impedida na realização do seu trabalho. A sua prerrogativa tem sido cassada por parte da autoridade policial, sobretudo da Polícia Federal, que não tem concedido em favor da família do nosso amigo Bruno o acesso a toda a informação que tem sido coletada”, disse Marubo.

Bruno e Dom estão desaparecidos na região do Vale do Javari, no estado do Amazonas, desde o dia 5 de junho.

Fonte: bahia.ba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo