Notícia

UFSB cria cotas para detentos, ex-presidiários e refugiados

A universidade é a primeira a oferecer reserva de vagas para detentos e ex-presidiários no Brasil

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) criou mais uma vaga de cota, dessa vez vai contemplar pessoas em situação de privação de liberdade (detentos), egressos do sistema prisional e para refugiados. A universidade é a primeira a oferecer reserva de vagas para detentos e ex-presidiários no Brasil.

Pessoas egressas do sistema prisional, ainda em privação de liberdade, e também refugiados – pelas mais diversas razões – poderão acessar a vaga via Sisu e Colégios Universitários. Haverá uma para cada curso, turno e campus da instituição.

A expectativa da instituição é de que as novas medidas já sejam aplicadas nos próximos processos de ingresso. A Pró-Reitoria de Ações Afirmativas (Proaf) também buscará apoios institucionais num diálogo com OAB, Secretaria de Justiça do Estado da Bahia e o direções das unidades prisionais da área de abrangência da universidade.

Segundo o pró-reitor de Ações Afirmativas da UFSB, Sandro Ferreira, é importante destacar que a UFSB vem realizando inovações importantes em sua política de ações afirmativas, ao longo desses últimos quatro anos: “Nossa universidade vem se consolidando como uma instituição sempre disposta a promover a inclusão e o combate às desigualdades por meio da educação”, disse.

A instituição foi a pioneira também na reserva de vagas supranumerárias para pessoas transexuais, travestis e transgêneros,

Fonte: Bahia.ba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo