Mundo

Soldado vê sua mulher grávida ser esfaqueada pela internet

Um soldado norte-americano viu sua mulher grávida ser esfaqueada enquanto conversava com ela pela internet. Justin Pele Poole conversava com Rachel Poole, 31 anos, pelo chat de vídeo FaceTime, quando ela foi atacada por um jovem que estava escondido em sua casa.

De acordo com o jornal Huffington Post, a mulher reconheceu o agressor e disse seu nome alto para o marido, que estava na Ásia. Logo após o ataque, Corey Bernard Moss, de 19 anos, foi preso e confessou o crime. O acusado disse que Rachel devia dinheiro para ele.

A mulher ficou cega de um dos olhos e teve vértebras deslocadas. Apesar do seu estado de saúde, sua filha sobreviveu. Enquanto a mulher se recupera, o soldado cuida da filha, Isabella. Informações ATarde


Reprodução/ Facebook

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo