Geral

Ministra alemã de Educação terá de devolver diploma por acusação de plágio


Chanceler alemã, Angela Merkel (E), conversa com a ministra da Educação Annette Schavan no Parlamento em Berlim

A Universidade de Dusseldorf, na Alemanha, anunciou que a ministra da Educação do país, Annette Schavan, terá de devolver seu título de doutorado após ser acusada de plágio. Schavan contesta as acusações feitas pela universidade e disse que apelará da decisão. Ela também disse que não pretende renunciar. A decisão da universidade foi tomada após a votação de um colegiado da Faculdade de Filosofia, que concluiu haver plágio. Foram 12 votos a favor, dois contra e uma abstenção. Quando as acusações vieram a publico, há alguns meses, a ministra da Educação negou ter usado citações sem crédito deliberadamente. O comitê instaurado pela universidade, no entanto, concluiu que Schavan usou “um número substancial de citações sem crédito de outros textos”. Leia mais no iG.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo