Geral

Brasileiros terão acesso a transplante de órgãos abdominais pelo SUS

 Acordo entre Brasil e Argentina permitirá que brasileiros tenham acesso ao transplante multivisceral – substituição de pelo menos três órgãos abdominais – e ao transplante de intestino, através do Sistema Único de Saúde (SUS). O anúncio foi feito na última sexta-feira (22) pelo Ministério da Saúde, após o ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o ministro da pasta na Argentina, Daniel Gustavo Gollan, assinarem um termo de cooperação, durante reunião da Assembleia Mundial de Saúde, em Genebra (Suíça). O acordo prevê a vinda de médicos argentinos experientes na técnica para fazer o treinamento de profissionais brasileiros. A expectativa do governo brasileiro é que a cooperação esteja em funcionamento já nos próximos meses. Entre os pacientes candidatos aos transplantes múltiplos estão os que sofrem de doença hepática crônica com trombose das veias que drenam os intestinos; aqueles com insuficiência intestinal crônica – doença conhecida também como Síndrome do Intestino Curto – que tiveram necessidade de nutrição parenteral por um longo prazo; os submetidos a múltiplas cirurgias abdominais devido a doenças; e pessoas com tumor na região da raiz do mesentério, artérias e veias, com metástase no fígado. O acordo firmado entre os dois países prevê ainda ações como a promoção de intercâmbio de informação técnica sobre projetos, programas e experiências nas diferentes áreas de saúde, além de desenvolvimento de programas de intervenção em saúde, organização de campanhas e de visitas de profissionais e especialistas, realização de atividades de capacitação e de habilitação, como oficinas, seminários e conferências, e a transferência de tecnologia para promover o abastecimento interno de medicamentos e insumos. Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo