Geral

Aos 95 anos, Stan Lee acusa a filha de abusos físicos e psicológicos

Aos 95 anos, Stan Lee não está usufruindo de uma vida tranquila e digna que desejava. O criador dos quadrinhos da Marvel revelou recentemente, à revista "The Hollywood Reporter", que sofre abusos físicos e psicológicos nas mão da sua filha, Joan Celia Lee. A revista divulgou uma reportagem que mostra um documento assinado pelo artista, em fevereiro deste ano, onde fica explícito que J.C. vive às custas da sua fortuna e sem intenções de trabalhar. “Não é incomum para J.C. gastar 20 mil dólares ou 40 mil nos cartões de crédito do pai todos os meses”, diz a publicação. No mesmo documento, Stan Lee acusa três homens – Jerardo Olivarez (seu cuidador na época), Keya Morgan (seu atual assistente) e Kirk Schenck (advogado da sua filha) – de tentarem controlar as suas propriedades e fortuna. Os homens acima citados teriam tentado influenciar negativamente a filha do criador da Marvel, fazendo com que ela exigisse mudanças constantes no seu testamento e pedisse a transferência de propriedades para seu nome.De acordo com o papel assinado por Stan, J.C., de 64 anos, tem poucos amigos adultos e estes homens aproximaram-se dela com um único propósito: controlar as propriedades e o dinheiro. Sob estas influências negativas, a filha do escritor norte-americano teve comportamentos agressivos, gritou com o pai diversas vezes e tentou coagi-lo a aceitar as suas demandas. "O comportamento abusivo da minha filha J.C. comigo tornou-se insuportável", cita a revista. A mesma publicação lembra ainda um episódio, ocorrido em 2014, em que a filha teria agido violentamente contra ele e contra a sua esposa, Joan B. Lee, que morreu em julho do ano passado. Depois de ter conhecimento de que a reportagem da revista estaria prestes a ser lançada, o assistente de Stan Lee pediu-lhe que gravasse um vídeo esclarecendo que o documento que acusa a sua filha está “totalmente incorreto, impreciso, enganoso e insultante”. Uma informação que contrasta com as palavras do ex-advogado do escritor, que garante ter relido com ele “palavra por palavra, linha por linha”. Fonte : Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo