Esportes

Atacante que passou pela dupla Ba-Vi vence o câncer por duas vezes e volta aos gramados

Ex-jogador do Bahia e do Vitória, o atacante Moré conseguiu a maior conquista da sua vida, vencendo um adversário difícil: o câncer. O feito se repetiu por duas vezes e o jogador segue firme no futebol. O atacante foi um dos goleadores do Bahia na campanha do acesso à Série B em 2007 e foi contratado pelo Vitória no ano seguinte. Moré conta a dificuldade que passou, abandonando os gramados para fazer um treinamento.  "Jogava pelo Guarani de Juazeiro, e jogava normalmente, até que comecei a sentir um certo cansaço. Com o tempo, passei a não aguentar mais atuar nos dois tempos do jogo. Comecei a ter febre toda noite e fiquei preocupado. Fui ao médico, mas ele não diagnosticou nada. Não melhorei e tive que pedir rescisão de contrato para poder me cuidar", revelou ao site globoesporte.com.  A rotina de Moré passou a ser tomada por exames diários e só depois de uma biópsia ele descobriu a razão dos seus problemas no corpo. "Passei um mês e quinze dias fazendo exames e nada. Quando fui atrás de um exame específico, obtive o diagnóstico preciso: câncer no baço e no fígado. O tratamento foi longo. Foi no dia 25 de novembro de 2013 que o médico me disse que eu estava 100% curado, sem mais nenhum vestígio de câncer. Agora tenho que ir de dois em dois meses ao médico. Depois, de seis e em seis, de ano em ano e daí estarei completamente livre. Uma alegria só", afirmou Moré. Hoje, o atacante defende o Horizonte-CE e entre em campo nesta quinta-feira (20), quando enfrenta o Fluminense, pela Copa do Brasil. Informações Metro1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo