Educação e Cultura

Primeiro dia do Enem tem 65 eliminados por uso indevido de celular

No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 65 candidatos foram eliminados por uso indevido de celulares, segundo informações divulgadas na noite deste sábado (8) pelo Ministério da Educação (MEC). No ano passado, 47 inscritos foram excluídos da avaliação. No comunicado, o ministro da Educação, Eduardo Paim, lamentou profundamente a morte da candidata Edivania Florinda de Assis, 32, em Olinda (PE), que segundo laudo do Instituto Médico-Legal (IML) faleceu de edema agudo pulmonar após passar mal minutos depois de ter entrado no Colégio Santa Emília, onde faria o exame. Neste domingo (9), os participantes responderão as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação, e matemática e suas tecnologias, no tempo máximo de 5 horas e 30 minutos. Os portões serão abertos às 11h e serão fechados às 12h, (horário da Bahia, que valerá para todo o país). O concorrente deve estar documento de identificação original com foto, cartão de confirmação da inscrição e caneta esferográfica preta em material transparente. A nota do Enem é utilizada para o ingresso em instituições federais de ensino superior,  além de permitir acesso ao Programa Universidade para Todos (ProUni), ao Financiamento Estudantil (Fies), ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e ao Ciência sem Fronteiras

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo