Política

Cunha ignora comissão da Câmara e decide levar reforma política direto para plenário

 O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu nesta segunda-feira (25), em uma reunião com líderes partidários em sua casa, levar a proposta da reforma política direto ao plenário, sem passar pela comissão especial criada para debater o tema. A previsão era de que o colegiado deliberasse sobre o relatório final, de autoria do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), nesta segunda-feira, o que não ocorreu. Após os dois peemedebistas entrarem em rota de colisão, o parecer foi descartado. Os deputados devem analisar a partir de amanhã um relatório do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que presidia o colegiado. Nesta terça-feira (26), Eduardo Cunha deve colocar em votação um relatório considerado "enxuto" no plenário, com a análise da mudança no sistema eleitoral.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo