Política

Prefeito de Guarapari quer barrar turista ‘pobre’ em praia

Se você não tem condição de gastar R$ 200 por dia não será bem recebido no balneário de Guarapari (ES), destino de milhares de turistas, principalmente mineiros. O prefeito Orly Gomes (DEM) confirmou nesta quinta-feira que a prefeitura vai cobrar taxas das empresas de ônibus e dos proprietários que alugam casas de veraneio para "qualificar" o turismo na cidade e dificultar a entrada de turistas pobres com "menor" poder aquisitivo. "Para que a cidade sobreviva, quero turista que gere renda", disse Gomes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo