Política

Prisco não poderá fazer sua própria campanha eleitoral

Há menos de três meses das eleições de 2014, o vereador Marco Prisco (PSDB) teve negado o pedido judicial de estar à frente da própria campanha. Nesta terça-feira (22) foi indeferido o pedido de relaxamento de restrições judiciais impostas pela 17ª Vara Federal. Com a decisão, Prisco é um único candidato em território nacional que não poderá estar à frente da própria campanha.

“Ainda não posso deixar a capital baiana, apesar de concorrer a cargo que abrange todo território baiano; ainda não posso me reunir com policiais militares, categoria com a qual sempre batalhei por melhorias e por isso mesmo sofro perseguição política; ainda não posso discutir melhorias com as associações e entidades de defesa da categoria”, reclamou o tucano.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo