Política

Cabo Daciolo é investigado por suposto ?calote? em empresa

O candidato à Presidência da República pelo Patriota e deputado federal Cabo Daciolo responde a inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) sob a suspeita de ter cometido crime de peculato – quando um servidor público descumpre a lei – contra uma empresa de informática que prestou serviços ao gabinete dele na Câmara. Aberto a pedido da PGR, o inquérito está sob a relatoria do ministro Marco Aurélio Mello. O magistrado aceitou pedido da PF (Polícia Federal) para prorrogar as investigações em junho de 2018. No processo, a empresa Swell Home Office Consultoria em Tecnologia da Informação cobra de Daciolo R$ 45 mil previstos em contrato que não teriam sido pagos pelo deputado. Fonte: Forte na Notícia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo