Polícia

Índio de 17 anos é morto a facadas na BA; namorada confessa crime, alega defesa e é agredida por populares

Um índio pataxó de 17 anos foi morto a facadas, em uma aldeia no sul da Bahia, no sábado (27). De acordo com a Polícia Civil, a namorada do rapaz, uma mulher que não teve a idade revelada, confessou o crime e alegou legítima defesa. De acordo com informações do delegado Moíses Damasceno, coordenador da Polícia Civil na região, Samuel Braz Bonfim foi morto durante uma briga com a companheira, em Coroa Vermelha, distrito de Santa Cruz Cabrália. Conforme o delegado, após o ocorrido, a suspeita do crime disse que era agredida constantemente por Samuel e alegou legítima defesa, ao confessar que esfaqueou o jovem. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo