Geral

Prontos para uma guerra: homens são presos com armas do exército russo e da marinha americana


Dois homens foram presos em flagrante na madrugada desta sexta-feira (16) no bairro Santa Mônica e no distrito de Humildes, em Feira de Santana, a 108 km de Salvador, acusados de integrar uma quadrilha de assalto bancos em cidades do interior do estado.

Com eles foram apreendidos dois veículos, diversas armas de grosso calibre e  R$ 40 mil reais, além de farta munição. No arsenal estavam um fuzil M4, arma usada pela Marinha americana,  um fuzil Hk-47/756 utilizado pelo exército russo.

Além disso, foram encontradas uma espingarda calibre 20 e pistolas 9 milímetros, todas de uso restritos e que entraram no país de forma ilegal.

 


Este fuzil é de uso exclusivo da Marinha americana e estava sendo usado pelos bandidos.

Fotos: Reprodução / Acorda Cidade

De acordo com a polícia, Gilvando Lima dos Santos, o “Vando”  é morador  do  distrito de Humildes. Ele é apontado como líder da quadrilha, que já agiu nas cidades de Amargosa, Castro Alves,  Ituberá e recentemente assaltou o Banco do Brasil e Bradesco de Barra da Estiva.

Também foi preso, acusado de integrar o bando, Marcos Lavrador Souza, 36 anos, morador no bairro Santa Mônica, proprietário de um antiquário na BR-324 e acusado de furtar mais de 30 imagens sacras dos distritos de Bonfim de Feira e Jaguara e da cidade de Muritiba.

Segundo a polícia, ele tem contato com pessoas no exterior e as imagens seriam levadas para a Alemanha.

A prisão dos dois acusados foi realizada por policiais da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) e do Grupo de Repressão à Crimes contra Instituições Financeiras (Garcif). Desde o início do ano, os agentes vinham investigando a ação da quadrilha.

As armas foram encontradas nas casas dos dois acusados  e de um terceiro envolvido identificado como Rogerinho, que conseguiu fugir.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo