Geral

Cachoeira: Secretaria de Assistência Social oferece ajuda jurídica gratuita

Rodrigo Daniel Silva l Mídia Recôncavo

De segunda a sexta, das 8h às 13h, a Secretaria de Assistência Social de Cachoeira  oferece assistência jurídica gratuita para pessoas que não podem custear um advogado. Os advogados Helder Galindo e Alana Barreto atendem nas áreas cível e criminal, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, situada no Largo da  Ajuda, Centro Histórico.

Por dia, cerca de 10 pessoas procuram a Secretaria para pedir, por exemplo, uma pensão alimentícia, divórcio, dissolução de união estável. “Toda cidade precisa ter um assistência jurídica. Principalmente, Cachoeira em que a maioria da população é necessitada”, ressalta a advogada Barreto.

A marisqueira Zilda Maria Nascimento, moradora do distrito de Santiago do Iguape em Cachoeira, conta que há mais de vinte anos deseja se divorciar.  Contudo, não tem recurso para pagar um advogado. Ela decidiu, então, procurar um defensor na Secretaria de Assistência Social. Não sabe, porém, quando obterá uma resposta da Justiça. Isto porque a Vara Cível de Cachoeira está sem juiz titular (veja mais).

“Aqui (na Secretaria) a gente resolve rápido. Dentro de uma semana o processo está indo para o Fórum. Quando chega lá, a gente não sabe o dia em que será marcada a audiência. Então, não posso dizer quando (o caso) será resolvido”, explica Barreto.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo