Geral

Instituto A Mulherada é invadido e roubado; prejuízo é de R$ 10 mil

A sede do Instituto A Mulherada, entidade de defesa dos direitos das mulheres, que fica na Rua do Tesouro, no bairro da Barroquinha, em Salvador, foi invadida e saqueada na madrugada desta segunda-feira (22/10). O prejuízo é avaliado em cerca de R$10 mil reais. Segundo representantes da entidade, foram levados do local aparelhos de som e informática, entre eles, dois leitores de CD, um monitor, um amplificador, uma caixa de som, microfones e cabos. Por meio de nota, foi informado que a diretora do instituto soube do arrombamento por uma vizinha. A última visita das colaboradoras ao imóvel teria sido no último sábado (20/10). Ainda há vestígios do roubo, como pegadas de pés descalços no local. A presidente da unidade, que preferiu não ter o nome divulgado, prestou queixa na 1ª Delegacia Circunscricional de Polícia (1ª DP), no bairro do Barris, na noite desta terça-feira (23/10). A perícia só poderá ir ao local na próxima quarta-feira (24/10), mas moradores do bairro afirmam que o roubo foi feito por três suspeitos. Uma voluntária do instituto disse ter medo de que a demora para conseguir prestar queixa possibilite que os bandidos vendam os equipamentos roubados. “O grupo vem batalhando há anos, sem patrocínio, e tudo o que tinha estava na sala”, lamenta. A colaboradora conta que a sede era o único local para os ensaios da banda A Mulherada e diz que o instituto não tem como arcar com o custo de um estúdio. Segundo comunicado oficial da entidade, a direção do instituto afirma que os ensaios da banda para um show no final de outubro serão suspensos por conta da falta do amplificador roubado. Os instrumentos, porém, não foram levados. Ainda de acordo com a voluntária, representantes da entidade tentaram prestar queixa na Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) na tarde desta terça-feira (23/10), mas foram informadas de que não seria possível porque a equipe estava cuidando de outro caso. O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) informou que só poderá comparecer à unidade na próxima quarta-feira (24/10), para verificar os danos causados as janelas do local, que foram arrombadas. Fonte: Forte na Notícia

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo