Geral

Papa nomeia substituto de bispo preso por suspeita de desvios em GO

Opapa Francisco nomeou, nesta quarta-feira (21), o arcebispo metropolitano de Uberaba (MG), dom Paulo Mendes Peixoto, como o novo administrador apostólico da Diocese de Formosa, no entorno do Distrito Federal (DF). A regional goiana da Igreja Católica é alvo da Operação Califás, do Ministério Público do estado de Goiás, que investiga desvio de dinheiro proveniente de dízimos e de doações de fiéis. No total, nove pessoas foram presas, preventivamente, na segunda-feira (19), dia em que foi deflagrada a operação, suspeitas de envolvimento no escândalo de desvio de dinheiro da cúria.  Entre elas, estão o bispo de Formosa, dom José Ronaldo Ribeiro, e o vigário-geral da diocese, monsenhor Epitácio Cardozo Pereira, os dois maiores postos na hierarquia local. O esquema de corrupção pode ter causado prejuízo de mais de R$ 2 milhões, segundo a Promotoria goiana. A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) informa que a decisão do papa ocorreu sem qualquer tipo de interferência da instituição. Na prática, a nomeação designa uma espécie de interventor para a Diocese de Formosa. 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo