Cotidiano

Bahia registra terceiro maior número de violações dos direitos de crianças e adolescentes na Copa

De acordo com dados pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, a Bahia registrou 789 denúncias de casos de violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo. O número foi o terceiro maior entre os 12 estados-sede do Mundial, que juntos receberam 7.756 denúncias. São Paulo teve a maior quantidade de casos, 1.762, seguido pelo Rio de Janeiro. Os registros aumentaram 15,6% durante a competição, de 12 de junho a 13 de julho deste ano. Uma denúncia pode se desdobrar em vários tipos de violação. No total, foram 22.437 violações em todo país. Os casos de negligência, que geralmente acompanham as demais, foram os mais numerosos, 7.810. Em seguida, aparecem casos de violência psicológica (5.587), violência física (5.093), violência sexual (2.972) e exploração do trabalho infantil (726). Informações Metro1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo