Cotidiano

Solicitações da PM custariam R$ 600 milhões; governo aguarda ‘proposta razoável’, diz Barbosa

O custo das reivindicações das associações de policiais militares apresentadas nesta quarta-feira (16) representam um aumento anual de mais de R$ 600 milhões, segundo o governo do Estado. “Essa nova pauta nos causa muita surpresa. Falamos que já estávamos no nosso limite e, hoje, recebemos a proposta com mais coisas inseridas. Esses pontos nos dariam um gasto anual de mais R$ 600 milhões. Consideramos isso um retrocesso”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa. Mesmo sem poder atender à nova pauta, o titular da pasta afirma que “o canal de negociação continua aberto”. “Vamos ficar aguardando para que eles encaminhem uma proposta razoável. Esperamos isso rápido porque dependemos desta resposta para chegar a um consenso”. Ainda segundo Barbosa, o aumento da gratificação por Condições de Serviços Especiais (CET), um dos pontos requeridos pelos grevistas que foi incluído na proposta do governo, custará R$ 50 milhões aos cofres estaduais. Informações Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo