Cotidiano

Infecções íntimas no verão: saiba como prevenir o problema

O desconforto da secura vaginal afeta cerca de 20% das brasileiras em idades variadas, porém é predominante no período da menopausa. De acordo com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (febrasgo) as vulvovaginites – infecções genitais – são frequentes em diagnósticos clínicos podendo ser ocasionadas por fungo. No verão as mulheres estão mais suscetíveis a essas infecções, pois a umidade na região íntima provocada pela alta temperatura torna o local propício para a sobrevivência e disseminação de bactérias prejudiciais como a cândida, ou candidíase. Evite usar roupas muito apertadas na região íntima, como jeans e opte por saias que contribuem para maior oxigenação do ambiente. Outra dica apontada por especialistas é evitar permanecer com os trajes da academia após o exercício. A umidade da roupa íntima torna o ambiente perfeito para ação dos fungos e contágio. O ideal é tomar banho após o exercício prioritariamente e não deixar para depois. Confira a seguir o que pode gerar secura vaginal e desconfortos na região íntima no verão. Candidíase: Praticamente toda mulher já passou pelo desconforto de infecções íntimas, seja provocado por fungos, mudanças hormonais, medicamentos ou aspectos emocionais. Um alerta para o ressecamento da região íntima é a presença de infecções que alteram diretamente a flora vaginal e podem modificar a consistência e produção do muco.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo