Política

MBL quer registrar partido através de assinatura digital, diz coluna

O MBL (Movimento Brasil Livre), grupo de oposição ao PT atuante há pelo menos quatro anos, realizou uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se assinaturas digitais poderiam ser aceitas para criação de um partido político, segundo informou hoje (9) a coluna Painel, da Folha de S.Paulo. De acordo com a publicação, os líderes do movimento têm a intenção de criar uma sigla partidária e creem que a grande presença nas redes sociais pode ser um fator fundamental para conseguir atender às exigências feitas pela Justiça Eleitoral. Atualmente, para fundar uma legenda, é necessário ter documentadas, pelo menos, cerca de 500 mil assinaturas de eleitores em nove estados. Fonte: Metro1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo