Polícia

Padre é preso com 200 kg de maconha escondidos em igreja

Um padre foi preso junto a outras duas pessoas na Paróquia São Judas Tadeu, no município de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, pela posse de 200 kg de maconha e um revólver calibre 38, escondido entre as imagens no altar da igreja. Os nomes dos suspeitos e outros detalhes da prisão não foram divulgados pela Polícia Civil, que ainda investiga os envolvidos. De acordo com moradores da região, celebrações rotineiras não eram realizadas há algum tempo na igreja, que estava fechada nesta sexta-feira (21). Investigações da polícia apontam que o padre seria o líder do esquema de tráfico de drogas e teria um relacionamento com um homem, também preso. Por meio de comunicado, a Arquidiocese de Olinda e Recife afirmou que o religioso Mário Roberto Gomes não faz parte do clero da Igreja Católica e que a Arquidiocese não administra nenhuma paróquia com o nome de São Judas Tadeu na cidade. A única igreja católica é a de Nossa Senhora Rainha da Paz. Informações Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo