Geral

Halana dos Santos perde mais uma chance de ser campeã mundial de boxe

A pugilista baiana Halana dos Santos, a Leoparda, perdeu mais uma chance de ser campeã mundial de boxe. Na noite deste sábado (2), a alemã Ramona Kuehne, 33 anos, manteve seu título da categoria superpena, pela Associação Mundial de Boxe. Apesar do seu bom desempenho, Halana acabou vendo sua chance indo embora após suportar 10 rounds. Na maior parte do tempo na defesa, o resultado foi decidido por pontos. “Não foi por falta de treinamento, e sim a diferença climática. Acabei ficando resfriada e a diferença de peso no momento da pesagem foi de quatro quilos. Mas estou feliz pois fiz o possível pra ganhar, tanto que fui até o fim dos round’s.” relatou Halana. Informações do Mídia Recôncavo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo