Eventos

Com cinema lotado e dezenas de crianças, Enseada encerra participação na Fliquinha 2014

“Mas, mãe… Eu tenho medo de lobisomem”, disse Rodrigo dos Santos. Quando a história do “Homem que Virava Bicho e o Bicho que Virava Homem” começou a ser contada pela Boneca Zamília, um sorriso, ainda tímido, começou a nascer no rosto de Rodrigo. A manhã de domingo (2) reuniu no Cine Theatro Cachoeirano, além dele, cerca de 150 crianças para o lançamento de mais um conto quilombola de Cachoeira produzido pela Enseada, em parceria com a empresa Brasil com Artes, durante a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica).

A história do lobisomem prendeu a atenção do público e, contada por Zamília, divertiu até o Rodrigo. “Essa boneca é muito legal e engraçada. Agora acho que não tenho mais medo, porque ela me ajudou a ver que isso é imaginação e história de mentirinha. Estou me divertindo muito aqui e adorei as brincadeiras”, contou o menino, desta vez mais corajoso.

Jamile Menezes, a atriz que dá vida à Zamília, já trabalha com crianças há mais de um ano e vê na iniciativa da Enseada uma grande oportunidade de divulgar as histórias da região dos quilombos. “Temos coisas riquíssimas para serem contadas e as crianças precisam conhecer as histórias além da Disney. O trabalho do Estaleiro de promover essa cultura é muito interessante por várias razões, mas a principal delas é não deixa-la apenas na oralidade. Transformar tudo isso em livro é uma forma de valorizar essa tradição”, afirmou a arte-educadora.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo