Esportes

BA-VI : Vitória é tudo ou nada

Ney Franco já mostrou, nesses 8 meses na frente do comando técnico do Vitória, que gosta de montar equipes agressivas, que partem pro gol e foi assim que ajudou o Vitória a terminar o Campeonato Brasileiro de 2013 com o terceiro melhor ataque, tendo o clube marcado 59 tentos nas 38 partidas.  Mas, e em uma situação em que precisa imperiosamente marcar 2 gols a mais que o adversário para alcançar os objetivos? Certamente a característica ofensiva vai ficar ainda mais aguçada, na busca do único resultado que lhe permita reverter a vantagem do rival.

O “pequeno” problema é que, ao se lançar ao ataque, o time fica um tanto que desprotegido e a possibilidade de sofrer gols fica bem latente. Tomando o mesmo exemplo do último brasileirão, apesar da quinta colocação, o Vitória teve a pior defesa dentre os 13 primeiros classificados, e a quinta pior de todo o campeonato.  Se o Bahia estiver em um bom dia como foi no jogo de ida e encontrar falhas no sistema defensivo rubro negro a possibilidade de uma goleada não deve ser descartada, o que seria o tiro de misericórdia no torcedor Rubro Negro já que nesse primeiro trimestre, e principalmente nessa última semana, vem acumulando uma série de frustrações com o futebol.

Mas a torcida Rubro Negra confia em uma reviravolta e promete incentivar o clube mesmo com a vantagem considerável do Bahia. E é na fé dos torcedores, no incentivo no estádio, e apostando em um sistema agressivo que o Vitória vai pro tudo ou nada.  Victor Hugo  

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo