Cotidiano

IBGE: produção de TVs perde ritmo após efeito Copa

Passado o efeito da Copa do Mundo, a produção de televisores voltou a desacelerar, acompanhando o movimento dos eletrodomésticos em geral, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgada nesta quarta-feira (2), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O mundial de futebol provocou forte aumento na fabricação de aparelhos de TV, mas o impacto ficou mais concentrado no primeiro trimestre de 2014, quando a alta na produção dos eletrodomésticos da linha marrom chegou a 51,2%. Mês a mês, a magnitude de aumento na fabricação da categoria foi se reduzindo: 41,9% em março (ante o mesmo período do ano anterior); 20,9% em abril; 9,8% em maio. Os aparelhos de televisão respondem por 85% da produção de eletrodomésticos da linha marrom. "Na evolução mês a mês, você observa menor intensidade, por exemplo, na produção de televisores. Quando se compara esse item especifico com o ano de 2013, ainda tem saldo positivo. Mas as taxas mais intensas de crescimento já não são mais observadas, porque a produção maior já foi feita em meses anteriores", confirmou André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE. Informações Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo