Cotidiano

Sapeaçu: Prefeitura e Caixa Econômica realizaram Ação Educativa sobre dinheiro falso

Conforme dados do Banco Central do Brasil, o Real é a segunda moeda que mais sofre falsificações no mundo, perdendo apenas para a Libra Inglesa. Devido a esses dados a Prefeitura Municipal de Sapeaçu em parceria com a Caixa Econômica Federal promoveu na noite dessa terça-feira (18), na Igreja Batista Nova Canaã uma Ação Educativa voltada para comerciantes quanto para o cidadão comum. A iniciativa visa instruí-los, a saber, identificar notas falsas. A penalidade para o crime de falsificação, prevista no Código Penal, pode chegar a 12 anos de reclusão. Também foram apresentas as novas cédulas de R$ 2 e R$ 5.

O Supervisor de Canais da Caixa Econômica Federal, Anésio Junior, destacou algumas dicas de como reconhecer as cédulas falsas como, por exemplo, a impressão do papel das cédulas verdadeiras. As novas cédulas de Real são impressas em papel fiduciário, apresentando uma textura mais firme e áspera que as notas antigas. Para facilitar o reconhecimento de cada cédula, as dimensões também variam conforme o valor.

Para a Funcionária Pública, Maisa Lima, a ação educativa foi muito importante e as lições vai levar para vida toda. “Não sabia que existia tantos métodos para ajudar na identificação das notas falsas. Agora que já tenho o conhecimento vou por em prática constantemente, para não sair no prejuízo”, garante Maisa.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo