Política

Especulação põe Paulo Souto em novo partido; ex-governador nega

O Partido Solidariedade, que está sendo criado pelo deputado federal Paulinho da Força, estaria especulando e já convidado o ex-governador da Bahia Paulo Souto (DEM) para ingressar na legenda e disputar o cargo de vice-presidente no ano que vem. A possibilidade foi ventilada por um colunista da revista “Época” nesta segunda-feira (2), mas terminou sendo rapidamente rechaçada por Souto. Segundo ele, seu caminho permanecerá no mesmo partido, embora não saiba se sairá candidato.
 
Paulo Souto esclareceu que sequer ouviu ninguém entre seu ciclo político e pessoal mais restrito falar do assunto e que tudo permanece como está. Já o presidente estadual do DEM, deputado estadual Paulo Azi, a especulação não tem sentido, embora o partido saiba que, pela importância do nome de Souto, é natural que outras legendas o desejem. Mesmo assim, não há nenhuma possibilidade do ex-governador deixar o partido e que ainda não se sabe que papel ele exercerá na chapa oposicionista no ano que vem.
 
O restante da especulação segundo a “Época” seria a atração de Aécio Neves (PSDB) para a vaga de presidente. Entretanto, parece muito difícil que algo assim possa acontecer, uma vez que o PSDB está cada vez mais fechado em torno do senador. O único tucano a correr por for neste processo é o ex-governador de SP José Serra. A especulação que coloca o demista na vice-presidência não é a primeira este ano.
 
Em junho, foi a vez do jornal "O Globo" fazer o mesmo que a “Época” e juntar Paulo Souto e Aécio Neves. Porém, na ocasião, o arranjo seria uma união do DEM com o PSDB na chapa oposicionista nacional e colocar o ex-governador no páreo. A “desculpa” do arranjo era a reconquista de espaço que o DEM empreende desde as últimas eleições, quando o partido sofre

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo