Polícia

Motorista de acidente na BR-110 é preso e diz não ter checado amarração de trator

O motorista da carreta envolvida no acidente que matou pelo menos 14 pessoas na BR-110, na altura de Inhambupe, já foi ouvido e autuado em flagrante por homicídio com dolo eventual. Jonison Lima Santos, de 43 anos, fugiu do local logo após a batida. Ele está preso na segunda Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin), em Alagoinhas. O delegado titular da unidade, Jobson Lucas Marques, explicou qual é a situação atual do motorista. "Ele disse que é motorista profissional, terceirizado e autônomo. Ele é o proprietário de uma carreta que transporta tratores e foi contratado por uma empresa da cidade de Inhambupe para transportar um trator de esteira", afirmou. "Ele usa o artifício de dizer que a responsabilidade de amarrar o trator era da empresa que o contratou. Mas, enquanto motorista profissional, ele sabia que a cautela deveria ser da empresa e dele. Ele disse que não observou se o trator estava realmente amarrado ou não. Ele assumiu o risco de ter causado o acidente", disse o delegado Jobson, em referência ao que caracteriza dolo eventual. Informações Metro1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo