Polícia

Ministério Público apresenta mais duas denúncias contra João de Deus

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) apresentou nesta quinta-feira (24) duas novas denúncias contra o médium João de Deus. A mulher dele, Ana Keyla Teixeira, também foi denunciada por posse ilegal de arma de fogo. A denúncia tem como base uma operação policial feita em dezembro, quando agentes realizaram busca e apreensão em imóveis registrados nos nomes de João de Deus e da mulher dele. No dia 21 de dezembro, o juiz Liciomar Fernandes da Silva, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), já havia decretado a prisão preventiva do médium pela posse ilegal das seis armas de fogo encontradas nos endereços do casal. Já na segunda denúncia, segundo o Estadão, João de Deus é acusado de novos crimes sexuais. O novo documento enviado à Justiça conta com depoimentos de cinco mulheres que o acusam de estupro. Uma das vítimas é do Distrito Federal. As demais, de São Paulo. Conforme a promotoria, os abusos teriam acontecido entre março de 2010 e julho de 2016. O documento inclui, ainda, depoimentos de outras seis mulheres que dizem ter sido abusadas por João de Deus. Os casos, no entanto, teriam acontecido entre 1996 e 2009 e já prescreveram. Ainda assim, devem servir para fortalecer o relato das demais vítimas, como testemunhos e indícios. Fonte: bahia.ba

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo