Geral

Cachoeira: Coordenador da Associação Quilombola do Iguape fala sobre dificuldades na comunidade

O coordenador da Associação dos Quilombolas do Iguape, no município de Cachoeira, no Recôncavo baiano, falou das dificuldades enfrentadas pelos moradores que ainda insistem em viver da agricultura familiar e da pesca na região. Durante entrevista ao site Olha a Pititinga, Edson da Conceição diz que a região vai bem por conta da união dos quilombolas e moradores, que persistem na luta pela terra para plantar, e que nesse sentido, não tem apoio da prefeitura. Edson alega que há uma Lei Federal que obriga a prefeitura comprar produtos para a merenda escolar dos agricultores da região, o que não tem acontecido. Ele conta também que para conseguir um trator para a localidade, foi necessário fazer uma emenda através do mandato do deputado federal Luís Alberto (PT). Há outro problema na região segundo Edson: o Estaleiro do Paraguaçu e a Votorantim, que segundo ele são os maiores inimigos dos moradores do Iguape, principalmente por conta da Hidrelétrica da Pedra do Cavalo, que prejudicou a fauna e consequentemente a pescaria, que é fonte de renda de muitos moradores. A comunidade promete realizar mobilização para mudar o quadro de sobrevivência do local.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo